Como fazer a gestão de risco de crédito no varejo?

  • Home
  • Cobrança
  • Como fazer a gestão de risco de crédito no varejo?

Muitos empreendedores recorrem ao oferecimento de várias modalidades de pagamento para aumentar as vendas e os lucros do negócio, por exemplo, o carnê. Contudo, todas as operações financeiras envolvem muitos riscos, como a inadimplência, trazendo prejuízos que impactam de forma negativa o crescimento do estabelecimento. Para evitar que isso aconteça, ter uma boa gestão de risco de crédito é essencial.

Trata-se de uma prática que envolve ferramentas e conhecimentos para avaliar a capacidade de endividamento do consumidor. Entre as informações obtidas, estão a situação cadastral em outras lojas, dados socioeconômicos, consultas aos órgãos de proteção ao crédito, entre outros, sendo um grande diferencial no varejo que costumava vender para o cliente sem ter dados concretos.

Para ter bons resultados, a gestão de risco de crédito deve ser feita de forma eficaz, por isso, preparamos este texto com algumas dicas de como fazê-la. Acompanhe!

Conheça o consumidor

É necessário fazer uma boa análise das características do cliente para ter certeza de que as possibilidades de prejuízos são mínimas. Uma forma é averiguar o histórico financeiro dele e sua reputação no mercado, por meio das movimentações realizadas em outros estabelecimentos.

É possível consultar as restrições dos clientes em órgãos de proteção ao crédito e, se for empresa, checar a sua reputação na área de atuação, por meio de referências.

Elabore e acompanhe as regras de crédito

Crie uma política de concessão de crédito e atualize as estratégias como forma de prevenir os riscos. Para isso, é preciso que um acompanhamento seja feito por meio de simulação e cruzamento de informações em diversos contextos que ajustem o desenvolvimento da companhia e indiquem os pontos fortes e fracos dos métodos escolhidos.

Dessa forma, é possível entender, de maneira precisa, a eficácia dessa política importante para a gestão de risco de crédito e o que precisa ser mudado. Assim, a concessão de crédito continuará sendo eficiente quando a empresa aumentar as atividades, mudar o perfil dos clientes ou precisar se ajustar à situação econômica atual.

Solicite a comprovação de renda

É muito importante verificar se o cliente tem capacidade financeira para pagar sua compra. Existem muitas maneiras de comprovar a renda, por exemplo, com apresentação do contracheque, cópia da Declaração de Imposto de Renda etc. — caso a pessoa tenha mais de uma fonte de renda, isso pode ser considerado para definir um limite de compra.

Defina um limite de crédito

O crescimento sustentável no negócio depende de medidas e decisões estudadas e corretas. Por isso, definir um limite de crédito é primordial para manter o fluxo de caixa estável. Por meio de uma análise de viabilidade de crédito, com a estipulação do possível valor de venda para certo cliente, é viável encontrar um valor de crédito para aquela transação em particular, considerando a capacidade de pagamento do solicitante.

Isso evita a inadimplência, já que apenas é liberado um crédito que o cliente realmente possa pagar.

Utilize um software de gestão

Por meio da utilização de um sistema adequado, é possível automatizar a gestão de risco de crédito, obtendo muitos benefícios, como a diminuição dos custos sem perder a qualidade do trabalho.

Por meio dessa ferramenta, os processos e critérios para análises são padronizados, evitando falhas humanas. É possível cruzar informações de várias fontes em tempo ágil, como os bancos de dados públicos e privados, transações financeiras e outras mais.

É possível também a otimização do tempo, liberando para que as vendas sejam feitas com mais agilidade e evitando que o cliente tenha que esperar a consulta, gerando um aumento na satisfação e nos lucros.

Adotar uma gestão de risco de crédito eficiente pode ser muito benéfico para a empresa, já que é viável aumentar as vendas, conceder crédito com mais segurança, manter o fluxo de caixa positivo e reduzir o risco de inadimplência. Por isso, coloque agora mesmo essas dicas em prática e garanta o sucesso financeiro do negócio.

Quer melhorar o gerenciamento das compras a credito na sua empresa? Então, entre em contato com a gente e veja como podemos ajudar!

Deixe um comentário