Cobrança por WhatsApp: você sabia que isso é possível?

  • Home
  • Cobrança
  • Cobrança por WhatsApp: você sabia que isso é possível?

Devido à crise econômica existente, o número de inadimplentes cresceu, gerando prejuízos que influenciam diretamente no crescimento sustentável das empresas. Assim, nasceu a necessidade da implementação de estratégias para tornar o processo de recebimento de valores em atraso mais eficaz. Entre elas, está a cobrança por WhatsApp.

Isso porque é uma ferramenta de comunicação eficiente, gratuita e popular, sendo uma das mais utilizadas pela população brasileira, já que é preciso apenas um celular com acesso à internet para conseguir acessar o aplicativo.

Além disso, sua legitimidade para cobrança já é reconhecida pelo Instituto de Defesa do Consumidor (IDEC), desde que não seja realizada de forma abusiva. Por este motivo, preparamos este texto com dicas para que possa realizar esse tipo de cobrança da melhor maneira. Confira!

Certifique-se que está conversando com a pessoa certa e se apresente

Antes de enviar a mensagem de cobrança, confira se a pessoa com quem está se comunicando é a certa. Por isso, no começo da conversa, confirme a identidade do usuário e veja se é o cliente inadimplente. Além disso, identifique-se, pois a pessoa deve saber com quem está falando e em nome de qual estabelecimento.

Inicie a conversa

Para iniciar uma conversa a respeito da cobrança no WhatsApp, é necessário ser amigável. Evite ser invasivo, afinal, o devedor poderá bloqueá-lo e colocar tudo a perder. Veja um exemplo de cobrança a seguir.

“Bom dia, fulano! Verificamos que sua fatura do dia tal, no valor R$ x, se encontra em aberto. Podemos negociar o valor aqui no WhatsApp! Responda esta mensagem para conhecer as condições especiais de pagamento!”

Agora, se forem constatados problemas de entrega ou com a identificação do pagamento, é melhor realizar uma verificação em vez de fazer uma cobrança direta. Por exemplo: “Bom dia, fulano de tal! Nosso sistema não apontou seu pagamento do dia tal. Por favor, me confirme se o valor já foi pago.”

Seja educado e objetivo

Educação e objetividade são pontos fundamentais para realizar uma cobrança por WhatsApp. Por isso, escreva uma mensagem onde o cliente entenderá todas as informações repassadas, evitando mal-entendido. Todos os processos de cobrança devem ser feitos dessa forma, evitando coação, ameaça ou coisas do tipo.

Tenha uma formalidade na medida certa

Na hora da cobrança, evite mensagens com erros de português, gírias, emojis, abreviação e demais vícios. Por mais que o WhatsApp seja um local mais descontraído, estamos falando de uma mensagem de cobrança.

Informe os novos valores e a data para a quitação do débito

Após informar o motivo do contato, insira os dados com clareza para que o devedor reconheça a dívida. Faça com que ele se comprometa com uma nova data para pagamento e repasse o novo valor somado aos juros e multas.

Encerre a conversa

Depois de marcar um nova data e valor de pagamento com o cliente, encerre a conversa. Lembre-se que a ética e a cordialidade devem estar presentes em todo o processo de cobrança.

Além disso, algumas outras dicas podem ser seguidas, como ter certeza que a conta não foi paga, conhecer o Código de Defesa do Consumidor para evitar problemas e zelar pela fidelização do cliente mesmo após ser cobrado.

A cobrança por WhatsApp é uma maneira mais simples, barata e segura para cobrar o cliente inadimplente. Por isso, para obter sucesso na ação, coloque agora mesmo as dicas apresentadas em prática e garanta o recebimento de valores importantes para o caixa e o crescimento do negócio.

Quer ter uma cobrança eficiente na sua empresa? Então, entre em contato com a gente e veja como podemos lhe ajudar!

Deixe um comentário